Selo 30 anos
Fone: (11) 3285-4422  

Pergunte para o Dr

Receba resposta de suas dúvidas. Se preferir, deixe na mensagem seu telefone para um contato mais rápido.


Disfunção Erétil

Disfunção erétil é a incapacidade persistente de se obter ou manter ereção peniana adequada para atividade sexual satisfatória.

A ereção peniana envolve vários sistemas, isto é, nervos, vasos, hormônios, tecidos especiais, entre outros. Várias são as possibilidades orgânicas que geram a disfunção erétil.

A disfunção venoclusiva decorre do relaxamento parcial e inadequado do tecido cavernoso e a conseqüente compressão insuficiente do plexo vascular subalbugíneo levaria a uma diminuição da capacidade erétil.anatomy_MalePelvis_midsagital-pt

Podem ter como causa:

Lesões arteriais – a arterosclerose pode ocluir total ou parcialmente as artérias pudendas e a redução do fluxo sanguíneo para os espaços lacunares, diminuindo a capacidade erétil.
Lesões neurológicas – o pênis possui tríplice inervação e qualquer lesão dos nervos pode levar a disfunção erétil. Por exemplo, a neuropatia diabética, a esclerose múltipla, neuropatia alcoólica e traumatismos raquimedulares.
Alterações hormonais – os andrógenos, principalmente a testosterona, desempenham um papel importante na ereção e libido. Assim, o hipogonadismo primário ou secundário, pode influir negativamente na função erétil.
Medicamentos – vários medicamentos podem causar disfunção erétil, dentre eles os hipotensores, antagonistas H2 e ansiolíticos.
Alterações teciduais – a substituição das fibras elásticas por fibras colágenas no nível das trabéculas, vasos e musculatura lisa do tecido erétil pode produzir a disfunção erétil. Além disso, a túnica albugínea, como nas fraturas de pênis e Doença de Peyronie, podem também dificultar a ereção.
Tóxicos – principalmente o fumo e os efeitos colaterais de alguns medicamentos.

Tema: Disfunção Erétil e Reposição Hormonal

 

Praça Oswaldo Cruz, 124 - cj 106, Cep: 04004-070 - São Paulo - SP | Fone: (11) 3285-4422 | Whatsapp: (11) 93003-7681