Selo 30 anos
Fone: (11) 3285-4422

Pergunte para o Dr

Receba resposta de suas dúvidas. Se preferir, deixe na mensagem seu telefone para um contato mais rápido.


Tumor de Testículo ou Câncer Testicular

O câncer no testículo ocorre em 1 de cada 500 casos ao longo da vida, sendo o câncer mais comum nos homens na idade reprodutiva.

Se encontrar um caroço procure o médico imediatamente, lembrando que o câncer de testículo é altamente curável, desde que descoberto precocemente.

Existem exames específicos solicitados pelo médico para saber das possibilidades de se tratar um câncer, e os tratamentos vão desde cirurgias, radioterapias e quimioterapias.

Um dos tratamentos de câncer no testículo consiste na retirada do testículo (orquiectomia) sendo realizados exames citopatológicos no ato cirúrgico para o estadiamento da doença.

Pode ser colocada uma prótese de testículo no mesmo procedimento com finalidade estética.

Autoexame

O homem pode realizar o “autoexame” após o banho morno com a bolsa escrotal flácida.

Em pé de frente ao espelho, procure observar se existe algum inchaço na região, apalpando com as mãos, procure observar alguma formação anormal, lembrando que os testículos podem não ter o mesmo tamanho e uma estrutura ligada ao testículo é o epidídimo.

Ilustração do auto-exame

Técnica

  1. Examine cada um deles com ambas as mãos. Os dedos indicador e médio devem ficar na parte inferior deles e o polegar, na parte superior.
  2. Gire cada um entre o polegar e os dedos médio e indicador. Um dos lados pode ser maior que outro.
  3. Na parte de trás dos testículos estão os epidídimos, que têm a função de amadurecer e armazenar os espermatozoides. Se estiverem endurecidos podem estar obstruídos ou inflamados.
  4. Procure por qualquer área endurecida, nódulos ou irregularidades na superfície dele. Em geral são indolores.
  5. Realize este “autoexame” todos os meses.

Praça Oswaldo Cruz, 124 - cj 106, Cep: 04004-070 - São Paulo - SP | Fone: (11) 3285-4422 - (11) 99971-1282