Selo 30 anos
Fone: (11) 3285-4422

Pergunte para o Dr

Receba resposta de suas dúvidas. Se preferir, deixe na mensagem seu telefone para um contato mais rápido.


Varicocele

varicocele

Varicocele são veias dilatadas ou varizes na região escrotal.

Ocorrem em 18% da população masculina, sendo a primeira causa de Esterilidade masculina, alterando a produção e qualidade espermática em torno de 70% dos casos.

DAEM (Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino) é diagnosticado com níveis baixo de testosterona e sintomas como diminuição da disposição geral e sexual, diminuição da libido ou vontade sexual, deficiências na ereção peniana, diminuição da massa muscular, obesidade, perda de memória, osteoporose e outros

A varicocele traz alterações na circulação testicular, afetando os tecidos testiculares, comprometendo a atividade, com redução da produção espermática.

Sendo a principal causa de Esterilidade, seu tratamento é frequente, através de cirurgias que com técnicas adequadas chegam a 70% de melhora das condições espermáticas.

Dr Syuichi Fujisaki, andrologista, foi um dos pioneiros neste tratamento desde 1970 na Clinica do Professor Milton Nakamura, Centro de referência em Reprodução Humana em São Paulo, e também pioneiro em exames de Termografia de contato com Prof. Frank Comhaire em 1982, um dos exames para o diagnostico, com diversos trabalhos publicados.

Sintomas
Antes dos anos 70, eram tratados os casos que traziam incomodo pelo peso ou dores devido ao volume escrotal, normalmente do lado esquerdo (em 92% dos casos).

A varicocele sem sintomas, ou subclinicas, afeta a atividade testicular da mesma forma que as mais volumosas, sendo importantes os exames atuais para melhor avaliação.

Diagnóstico

Ao exame médico, pode-se palpar aumento do volume e o refluxo sanguíneo através da manobra de Valsalva positiva, mas o diagnostico e confirmado pelos exames de Termografia escrotal, Ultrassonografia vascular ou Ecodoppler vascular.

Alterações morfológicas espermáticas (padrão Stress de MacLeod) indicam a atuação da varicocele como causa, lembrando que há outras alterações e causas, nem toda deficiência espermática é devida a varicocele.

Tratamento
É através de cirurgia, com hospitalização de um dia, se faz a ligadura ou cauterização dos vasos comprometidos (dilatados), impedindo o refluxo sanguíneo, preservando a circulação normal e outras estruturas, que com técnicas de Microcirurgia (já utilizada desde anos 1980), os resultados têm apresentado superiores a técnica anterior.

Outras técnicas foram abandonadas, como embolização das veias espermáticas (1985), técnicas abdominais com ligaduras altas, atualmente a via é inguinal ou por videocirurgia (desde 1992)

A cirurgia realizada com cirurgião experiente, terá melhores resultados, técnicas microcirurgicas requerem treinamento com materiais específicos.

Resultados
Melhora nos índices de fertilidade, como aumento na concentração espermática e qualidade (motilidade, vitalidade e morfologia) ficam entre 50 a 70% pós-cirurgia em Centros especializados, semelhante aos trabalhos já apresentados pelo Departamento de Andrologia da Unicamp em 1980 com participação do Dr Syuichi Fujisaki. Ainda há opções de Fertilização para o tratamento da Esterilidade sem a necessidade da correção da varicocele, nossa Clinica após uma avaliação dará a melhor indicação.

Dr Syuichi Fujisaki, foi medico assistente Andrologista do Centro de Reprodução Humana de São Paulo, Prof. Dr Milton Nakamura, e com Prof.Dr Anibal Acosta (pioneiro em Fertilização in vitro 1990 Professor responsável pelo Depto de Reprodução de Virginia Norfolk) durante anos 1993 a 1995.

Dr Syuichi Fujisaki, andrologista de referencia em Reprodução Humana.

Tema: Infertilidade, Varicocele e Criptorquidia